O que rolou no VI OpenSpaceRio

Nada como um ótimo café da manhã e um papo descontraído com os amigos noinício do dia, foi assim que começou o VI OpenSpaceRio.

Como o tempo estava chuvoso no sábado, o povo demorou um pouco mais que o de costume para aparecer, isso de certa forma tornou o ambiente mais informal e propício para fazermos uma roda e discutir sobre o Milestone e suas várias de ROMs alternativas, a matadora usabilidade do Ipad 2.

Conforme o povo foi chegando podemos concretizar a famosa prática do brainstorm no quadro. Onde cada participante coloca seu nome em uma elipse e liga a assuntos que gostaria de conversar. Não precisa dizer que parece uma zona total, mais é divertido e o principal instiga aos mais tímidos a participar.

Assuntos delineados partimos a o primeiro tempo. Oscar Marques começou com uma apresentação sobre dispositivos embarcados e suas utilidades. Foi assim que conhecemos a beagleboardeagleboardhawkboard, pandaboard, leopardboard e todo um zoológicos de arduinos cheios de recursos. Logo surgiram ideias de produtos. Como a sistema “Sete Grãos” que consiste em uma beagleboard com acesso wifi, 1TB de HD e controle remoto ligados a uma TV tudo isso dentro de um dispositivo do tamanho de um pão francês, por isso o nome, valeu Pedro Marins🙂

Cheios de ideias na cabeça partimos para o almoço. Dessa vez no segunda andar reservado de um restaurante na praia vermelha. Agregamos mais pessoas e o papo que continuou com o Oscar contando um pouco da sua vida nômade na Bolívia.

De volta para o segundo período tivemos a famigerada apresentação do beerblogging  e seus desafios como um laboratório de HTML5 e CSS3 pelo Zeno Rocha. Em uma discurssão sobre WebGL, Canvas e SVG(!) podemos ver que tem espaço para todo mundo. Foi interessante ver que o laptop do Pedro não tinha navegador que não suportasse as novas features, logo não podemos ver os efeitos alternativos.

Depois foi a vez do Pedro Marins e Cadu apresentarem o que chamaram rails rumble de empreendedorismo. Uma competição de 48hs onde equipes lançariam um produto pronto para venda. No final teria um apresentação tanto do produto como do processo. Os melhores produtos ganham prêmios. Em breve novidades!

Embalado na web Rafael Tauil puxou o assunto de Mobile WebApps suas vantagens e desvantagem. Eu descobri que o JQuery Mobile é grande e lento! Como alternativa temos o Zepto.js com apenas 4.8k.

Parece que o Android foi o assunto do dia, logo o Pedro fez a pergunta da vez: “O Android é realmente open source?”

Hugo Lnx apresentou os Callbacks em ruby, que ajuda muito na mágica metraprogramação. Como a lista é grande ele fez um post http://hugolnx.com/8

O projeto StarTrack é apresentado para o mundo, pelo Luciano Sousa e Tauil, como um estudo no Rails Beta (3.1.x) e futuro sucessor do PivotalTracker🙂 Conhecemos também o estrume Scrumy e o kanban4.me

Foi uma ótima tarde chuvosa, e estou ansioso pelo próximo OpenSpaceRio!

Um comentário sobre “O que rolou no VI OpenSpaceRio

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s